Article thumbnail

The attendance in family health in the eyes of the elderly: social representations.

By Cristina Katya Teixeira Mendes

Abstract

Introduction: The aging problem is a set of current relevance and concern of Public Policy for the Elderly. When In studying this problem from the point of view as is thought by health service users and their use as a public good with an emphasis on social representations is important to know the care provided to older people in public service, particularly in Unit Family Health. Study Objectives: apprehend the social representations of aging constructed by elderly patients at USF; know the care provided to elderly at USF from the social representations and whether the care provided to older people meet their expectations. Methodology: This was an exploratory study in a quantitative and qualitative approach developed seventy elderly (n = 70) who agreed to participate in the study and met the inclusion criteria. To collect data we used a semi-structured interview and the Test of Free Association of Words with the following stimuli: 'aging' and 'care for the elderly. " Data from the interviews were organized in databases and processed by software Alceste Evoc 4.8 and, after analysis of thematic content. Results: For the elderly, aging is represented by associating it with: old, old age, elderly and aging, accounting for 23.44% of the words evoked. This was considered a very strong category consists of 7 different words, with 34 occurrences. It can be seen in the speeches of the elderly emphasis elderly person as a person with a reduced functional capacity, represented by fatigue, difficulty walking and moving, thus showing the importance of physical activity for prevention and health promotion. On the one hand, the service is represented by the elderly poor and slow in the elderly should conform, on the other, or getting old age is natural, which is confirmed by the appearance of white hair. Conclusion: We identified social representations of aging constructed by elderly patients in USF's involvement in the presence of disease, the care provided to elderly at USF is suitable for the elderly and partially serves your needs.Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESIntrodução: O envelhecimento se configura uma problemática de relevância atual e uma preocupação das Políticas Públicas do Idoso. Ao se estudar essa problemática do ponto de vista de como é pensada a saúde pelos usuários dos serviços; sua utilização como um bem público com ênfase nas representações sociais é importante para se conhecer o atendimento oferecido aos idosos no serviço público, em particular, em Unidade de Saúde da Família (USF). Objetivos do Estudo: apreender representações sociais sobre envelhecimento construídas por idosos atendidos nas USF; conhecer o atendimento oferecido aos idosos em USF a partir das representações sociais e verificar se o atendimento oferecido aos idosos atende as suas expectativas. Metodologia: Tratou-se de um estudo exploratório em uma abordagem quanti-qualitativa desenvolvido com setenta idosos (n = 70) que aceitaram participar do estudo e atenderam aos critérios de inclusão. Para coleta de dados utilizou-se uma entrevista semi-estruturada e o Teste da Associação Livre de Palavras com os seguintes estímulos: «envelhecimento» e «atendimento ao idoso». Os dados obtidos das entrevistas foram organizados em bancos de dados e processados pelos softwares Alceste 4.8 e Evoc, após análise de conteúdo temática categorial. Resultados: Para os idosos o envelhecimento é representado associando-o a: velho, velhice, idoso e envelhecimento, correspondendo a 23,44% das palavras evocadas. Esta foi considerada uma categoria bastante forte formada por 7 palavras diferentes, com 34 ocorrências. Observa-se nas falas dos idosos uma ênfase a pessoa idosa como um portador de uma diminuição da capacidade funcional, representado por cansaço, dificuldade de andar e se movimentar, mostrando assim a importância da atividade física para a prevenção e promoção da saúde. Por um lado, o atendimento é representado pelo idoso por ruim e devagar em que o idoso deveria se conformar; por outro, envelhecer ou ficar velho é natural, que é confirmado com o aparecimento dos cabelos brancos. Considerações finais: Identificou-se representações sociais sobre envelhecimento construídas por idosos atendidos nas USF associando-o a presença de doenças; o atendimento oferecido aos idosos em USF é para os idosos satisfatório e atende em parte as suas expectativas

Topics: Envelhecimento, Atendimento ao idoso, Representações sociais, Enfermagem, Aging, Care for the elderly, Social representations, Nursing, CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Publisher: UFPB
Year: 2009
OAI identifier: oai:repositorio.ufpb.br:tede/5175
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://repositorio.ufpb.br/js... (external link)

  • To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.

    Suggested articles