Article thumbnail

The Brazilian Farming and the Global Value Chain : an analysis using input-output matrix

By 1986- Rafael da Silva Macedo

Abstract

Orientador: Bastiaan Philip ReydonDissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de EconomiaResumo: A agropecuária brasileira, na atualidade, é um dos setores da economia mais pujantes, fato este resultante de um processo evolutivo em suas atividades que se relaciona com o próprio desenvolvimento industrial do país. Muitos trabalhos acadêmicos direcionados à caracterização do processo evolutivo da agropecuária são desenvolvidos desde a metade do século passado, com obras importantes no nível mundial e nacional, que apresentam descrições de processos sociais e fatos que retiraram o mundo rural de práticas direcionadas a subsistência passando a se inserir em amplas cadeias produtivas com foco no mercado. Assim, esta dissertação busca apresentar as principais interpretações a respeito do processo evolutivo e da atual estrutura pela qual opera a agropecuária, ao mesmo tempo que busca aproximações das dinâmicas de mercado da agropecuária como um setor participante, em tempos recentes, de cadeias de valor e produtivas mais amplas, tais como as cadeias globais de valor. Trabalha-se com a hipótese de que as transformações ocorridas no agro brasileiro nos últimos 30 anos fizeram com que o conjunto dos complexos agroindustriais nacionais passassem a ser regidos pela lógica das Cadeias Globais de Valor. Com isso, os objetivos do trabalho se fixaram em torno de verificar se no intervalo de três décadas recentes a agropecuária tem apresentado comportamento próximo ao das atividades produtivas que conhecidamente fazem parte das Cadeias Globais de ValorAbstract: Brazil¿s current farming is one of the most powerful sectors of the economy, resulted from the evolution of its activities and related to the country¿s own industrial development. Several academic studies since the 1950¿s have tackled the characterization of farming¿s modernization, including major works both nationally and globally, that presented descriptions of facts and social processes that shifted the rural setting from subsistence practices to an insertion in larger market oriented chains. Thus, this study aims to present the main theory regarding the evolution processes and current structure in which farming operates, while also seeking to assess farming¿s market dynamics as a recent participant in broader value and supply chains, such as Global Value Chains [GVCs]. Specifically, the hypothesis sustained was that the transformations of farming in Brazil for the past 30 years have caused the national agroindustrial complexes to function under the same logic that applies to GVCs. In that sense, the study objectives aimed to verify if, in the course of these three decades, farming has shown a similar behaviour in comparison to known production activities found in GVCsMestradoEconomia Agrícola e do Meio AmbienteMestre em Desenvolvimento EconômicoCAPE

Topics: Cadeias globais de valor, Relações intersetoriais, Agropecuaria - Brasil, Global value chains, Intersectoral relations, Farming - Brazil
Publisher: [s.n.]
Year: 2019
OAI identifier: oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/333965

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.