Ativa, feminina: intervenções gráficas e lugares de memórias da cidade

Abstract

Esta pesquisa propõe uma investigação sobre a presença de mulheres na cena artística urbana, ou seja, propõe um debate sobre questões de identidade, atitudes sociais e ações subversivas. Portanto, partimos de um embasamento teórico sobre lugares, não lugares e memória coletiva, ideias que se complementam no meio urbano e permitem entender as intervenções como condicionantes de mudanças sócio espaciais. Diante desse encadeamento, o recorte escolhido é constituído pelas artistas do coletivo PPKREW, o projeto Mina Preciosa e a artista independente, Amora Lii. Por conseguinte, o objeto da pesquisa são as ações do “fazer arte” dessas mulheres, que utilizam técnicas como graffiti, stencils, pixo, lambe-lambes, entre outros, presentes no contexto da cidade do Rio de Janeiro. Para o entendimento dessas relações, a pesquisa tem por objetivo principal colocar em evidência os trabalhos, bem como compreender essas intervenções como ativações da memória coletiva. Assim, é possível entender a potência desses trabalhos como instrumentos de constituição do meio urbano. Esta monografia é resultado de um diálogo criado entre os escritos de autores fundamentais do campo da História da Arte, da Arquitetura e do Urbanismo e as vozes de mulheres artistas contemporâneas. Ressalta-se a importância de seus trabalhos e suas presenças nas cidades enquanto intervencionistas. Por fim, desencadeou apontamentos para futura continuidade, como aprofundamento sobre a questão da arte urbana como estratégia da atuação no espaço urbano e roteiros de visitas dos lugares com as intervenções das entrevistadas

Similar works

This paper was published in Pantheon.

Having an issue?

Is data on this page outdated, violates copyrights or anything else? Report the problem now and we will take corresponding actions after reviewing your request.