Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Tratamento não-operatório do trauma hepático Nonoperative management of blunt hepatic trauma

By Samir Rasslan and Ricardo Portieri Monteiro

Abstract

O fígado é o órgão mais comumente lesado nos traumatismos abdominais; no entanto, com freqüência a laparotomia revela ausência de sangramento ativo, limitando-se a intervenção à limpeza e drenagem da cavidade. Em função deste aspecto e do fato de que a maioria das lesões hepáticas é de menor gravidade, surgiu a opção do tratamento não-operatório. Esta conduta representa hoje a terapêutica de escolha nas lesões hepáticas em doentes conscientes e estáveis do ponto de vista circulatório. A experiência mostra que é um método seguro, efetivo e com excelentes resultados. Neste artigo, os autores fazem uma revisão e análise crítica do assunto, discutindo os critérios de seleção dos doentes, a avaliação e os riscos e complicações do tratamento não-operatório do trauma hepático.<br>The liver is the most common organ damaged in abdominal trauma. Frequently, the cellotomy reveals a minor hepatic lesion with no signs of active bleeding. And the surgeon quite often finish the procedure with simply cleaning and drainage of the abdominal cavity. Due to the above mentioned aspects, the nonoperative management appears to be a reasonable option. Actually, such initial approach represents the treatment of choice in victims of blunt trauma with hepatic injuries that reach the hospital with normal levell of conscience and hemodynamic stability. Authors in this article, make a review and discuss the pattern selection's criteria, morbidity and mortality of the nonoperative management of blunt hepatic trauma

Topics: Trauma hepático, Fígado, Traumatismos abdominais, Tratamento não-operatório, Nonoperative management, Hepatic trauma, LCC:Surgery, LCC:RD1-811, LCC:Medicine, LCC:R, DOAJ:Surgery, DOAJ:Medicine (General), DOAJ:Health Sciences
Publisher: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Year: 1999
DOI identifier: 10.1590/S0100-69911999000600011
OAI identifier: oai:doaj.org/article:43d882d9a77448e3a29174096b80234c
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://doaj.org/search?source=... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.