Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Saúde do trabalhador na atenção básica: análise a partir de uma experiência municipal The workers' health in primary care: an analysis of a municipal experience

By Maria Dionísia do Amaral Dias, Grazielle Cristina dos Santos Bertolini and Aparecida Linhares Pimenta

Abstract

Este texto apresenta um relato da experiência de implantação de ações de saúde do trabalhador nos serviços de atenção básica no município de Amparo, no estado de São Paulo, ocorrida durante a gestão do período 2001 a 2008, visando contribuir na premente necessidade do SUS de implantação das ações de saúde do trabalhador. A análise realizada pelas autoras, protagonistas na gestão do processo, ressalta alguns dos elementos-chave para a efetiva implantação de ações de saúde do trabalhador na rede de atenção básica. Dentre eles, a Estratégia Saúde da Família (ESF), ao lado de outros elementos - como o modelo de matriciamento com ação pedagógica contínua e participação nos colegiados de gestão, a educação permanente e o protagonismo dos trabalhadores da saúde -, mostrou-se um facilitador do processo. Como elementos estruturantes da construção efetivada, apontam-se o modelo de gestão colegiada adotado pela secretaria e a forma de implantação do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador no município. Todo esse arranjo promoveu uma interlocução permanente entre as equipes de saúde, da atenção básica e da referência especializada que foi indispensável para a experiência ocorrida.<br>This article presents an account of the experience of implementing worker's health actions in primary care services in the municipality of Amparo, state of São Paulo, which occurred during the 2001 to 2008 administration period, aiming to contribute to SUS' urgent need to implement of workers' health actions. The analysis made by the authors, actors in managing the process, highlights a few of the key elements for the effective implementation of workers' care actions in the primary care network. Among them, the Family Health Strategy (FHS), along with other elements such as the mixed-base model with continuous pedagogical action and participation in collegiate management, continuing education, and the role of the health workers - proved to be a facilitator process. Structural elements in the construction that was made include the collegiate management model adopted by the department and the way the Occupational Health Reference Center was deployed in the municipality. This arrangement has fostered permanent dialogue among the health, primary care, and referral specialist teams that has been indispensable to the experience

Topics: saúde do trabalhador, educação permanente em saúde, saúde da família, atenção primária à saúde, occupational health, continuing education in health, family health, primary health care, LCC:Public aspects of medicine, LCC:RA1-1270, LCC:Medicine, LCC:R, DOAJ:Public Health, DOAJ:Health Sciences
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Year: 2011
DOI identifier: 10.1590/S1981-77462011000100010
OAI identifier: oai:doaj.org/article:c45f66b2f41e4261b1893f743bb23f39
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://doaj.org/search?source=... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.