Article thumbnail

A ciclicidade da provisão para créditos de liquidação duvidosa sob três diferentes modelos contábeis: Reino Unido, Espanha e Brasil

By Antônio Maria Henri Beyle de Araújo, Paulo Roberto Barbosa Lustosa and Edilson Paulo

Abstract

A controversy involving loan loss provisions in banks concerns their relationship with the business cycle. While international accounting standards for recognizing provisions (incurred loss model) would presumably be pro-cyclical, accentuating the effects of the current economic cycle, an alternative model, the expected loss model, has countercyclical characteristics, acting as a buffer against economic imbalances caused by expansionary or contractionary phases in the economy. In Brazil, a mixed accounting model exists, whose behavior is not known to be pro-cyclical or countercyclical. The aim of this research is to analyze the behavior of these accounting models in relation to the business cycle, using an econometric model consisting of financial and macroeconomic variables. The study allowed us to identify the impact of credit risk behavior, earnings management, capital management, Gross Domestic Product (GDP) behavior, and the behavior of the unemployment rate on provisions in countries that use different accounting models. Data from commercial banks in the United Kingdom (incurred loss), in Spain (expected loss), and in Brazil (mixed model) were used, covering the period from 2001 to 2012. Despite the accounting models of the three countries being formed by very different rules regarding possible effects on the business cycles, the results revealed a pro-cyclical behavior of provisions in each country, indicating that when GDP grows, provisions tend to fall and vice versa. The results also revealed other factors influencing the behavior of loan loss provisions, such as earning management.Uma polêmica envolvendo a provisão para créditos de liquidação duvidosa em bancos refere-se à sua relação com os ciclos econômicos. Enquanto os padrões contábeis internacionais para o reconhecimento da provisão (modelo de perda incorrida) seriam presumivelmente pró-cíclicos, acentuando os efeitos do ciclo econômico vigente, um modelo alternativo, o modelo de perda esperada, teria características anticíclicas, atuando como uma espécie de amortecedor dos desequilíbrios econômicos próprios das fases de expansão e de contração da economia. No Brasil, vigora um modelo contábil misto, cujo comportamento não se sabe ser pró-cíclico ou anticíclico. Identificar o comportamento desses modelos contábeis frente aos ciclos econômicos, por meio de um modelo econométrico composto por variáveis contábeis e macroeconômicas, foi o objetivo desta pesquisa. O estudo contempla uma discussão sobre o impacto do comportamento do risco de crédito, do gerenciamento de resultados, do gerenciamento de capital, do comportamento do Produto Interno Bruto (PIB) e do comportamento da taxa de desemprego sobre a provisão, em países que utilizam os distintos modelos contábeis. Foram utilizados dados de bancos comerciais do Reino Unido (perda incorrida), da Espanha (perda esperada) e do Brasil (modelo misto), no período de 2001 a 2012. Os resultados revelaram que os modelos contábeis dos três países, apesar de serem formados por regras de natureza bastante distinta no que diz respeito a um eventual efeito sobre os ciclos econômicos, apresentaram comportamento pró-cíclico, indicando que, quando o PIB está em ascensão, as provisões tendem a cair e vice-versa. Os resultados revelaram também outros elementos que podem estar influenciando o comportamento da provisão, como a prática de gerenciamento de resultados

Topics: provisions, cyclicality, economic cycles, credit operations, commercial banks, provisões, ciclicidade, ciclos econômicos, operações de crédito, bancos comerciais
Publisher: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Year: 2018
OAI identifier: oai:revistas.usp.br:article/141339

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.