Article thumbnail

Ceras e embalagem plástica na conservação pós-colheita do maracujá-amarelo

By Wagner Ferreira da Mota, Luiz Carlos Chamhum Salomão, Paulo Roberto Cecon and Fernando Luiz Finger

Abstract

O período de comercialização do maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa), principalmente para consumo "in natura", é reduzido devido a rápida modificação de sua aparência. Esta perda de qualidade e de valor comercial, ocorre em razão da intensa atividade respiratória e da elevada perda de água. Este trabalho objetivou avaliar a influência do uso da atmosfera modificada, por meio do uso de emulsões de cera e filme plástico na vida de prateleira do maracujá-amarelo. O filme plástico (Cryovac D-955) foi o mais eficiente em reduzir a perda de matéria fresca e o murchamento dos frutos, além de manter maior massa de matéria fresca da casca e do fruto e maior potencial osmótico da polpa ao longo do período de armazenamento. Entretanto, não foi eficiente no controle de podridões. O emprego da cera Sparcitrus (22-23% polietileno/resina maleica, solvente orgânico) condicionou injúria nos frutos, elevada perda de matéria fresca, murchamento e menor potencial osmótico da polpa; além disso, essa cera manteve maior concentração de ácido e menor relação sólidos solúveis totais/acidez titulável. Dentre as ceras, destacou-se a Fruit Wax (18-21% cera carnaúba, solvente água), com menores perdas de matéria fresca, murchamento e podridões dos frutos.The high perishability of the yellow passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa) reduces its postharvest conservation and availability, mainly for in natura consumption. These losses of quality and commercial value occur due to the high respiration and loss of water. This work aimed to evaluate the influence of a modified atmosphere - wax emulsions and plastic film - on the shelf life of the yellow passion fruit. Plastic film (Cryovac D-955, 15 mum thickness) reduced fresh weight loss and fruit wilting, kept higher fruit and rind weight and higher pulp osmotic potential over the storage period. However, it was not efficient in the control of rottenness. Sparcitrus wax (22-23% polyethylene/maleyc resin) caused injury to the fruit, high fruit weight losses and wilting and resulted in lower pulp osmotic potential; this wax lead to a higher concentration of acid and a lower relation of soluble solids/acidity. Among the tested waxes, Fruit Wax (18-21% carnauba wax) was the best, promoting reduced weight loss, wilting and rottenness

Topics: Passiflora edulis f. flavicarpa, perda de água, atmosfera modificada, Passiflora edulis f. flavicarpa, water loss, modified atmosphere
Publisher: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Year: 2003
OAI identifier: oai:revistas.usp.br:article/21871

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.