Article thumbnail

O que da infância a ilusão (psico)pedagógica mascara

By Leandro de Lajonquière

Abstract

A conjugação as infâncias pensadas por Descartes e Rousseau duas infâncias exprimiria uma forma singular de o homem experimentar o tempo e o desejo, ou seja, a impossibilidade na relação aos outros. Dessa forma, sustenta-se a tese de que a renúncia à educação é um sintoma contemporâneo que as ilusões psicopedagógicas mascaram a cota de política embutida tanto na produção psíquica da infância moderna quanto no seu eclipse

Topics: Infância moderna, filosofia da educação, fundamentos da educação, Modern childhood, philosophy of education, the fundamentals of education
Publisher: 'Revista da Biologia, Reitoria da Universidade de Sao Paulo'
Year: 2000
OAI identifier: oai:revistas.usp.br:article/60940

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.