Article thumbnail

A voz como primeiro objeto da pulsão oral

By Marie-Christine Laznik

Abstract

The author discusses the freudian thesis of the anaclisis of the psychic functions of the vital needs. She sustains that the first objects of the oral drive are not those related to the hunger, but the prosodic peaks of the maternal voice.A autora problematiza a tese freudiana segundo a qual o funcionamento psíquico e pulsional apoia-se sobre a experiência de satisfação das necessidades vitais do organismo, e em especial a fome. Segundo ela, aquilo que é alucinado pelo bebê no polo alucinatório desta experiência de satisfação é antes de tudo a voz materna, e mais especialmente seus picos prosódicos, que devem ser tomados como primeiros objetos da pulsão oral

Topics: Babies psychoanalysis, oral drive, maternal voice, Psicanálise de bebês, pulsão oral, voz materna
Publisher: 'Revista da Biologia, Reitoria da Universidade de Sao Paulo'
Year: 2000
OAI identifier: oai:revistas.usp.br:article/60932

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.