Article thumbnail

CATEGORIAS DE JOGO E JOGOS TEXTUAIS: UMA LEITURA DE O JOGO DA AMARELINHA

By Tânia Winch Lisbôa and Norberto Perkoski

Abstract

O presente artigo analisa a noção de jogo e de jogos textuais na obra O jogo da amarelinha (no original Rayuela), de Julio Cortázar. Para a efetivação dessa análise foram utilizados, como referencial teórico, os estudos de Johan Huizinga, Roger Caillois e Wolfgang Iser, destacando as quatro categorias de jogo - agôn, alea, mimicry e ilinx - introduzidas por Caillois e readequadas ao texto literário, sob o ponto de vista dos jogos textuais, por Iser. A partir desses conceitos teóricos que evidenciam questões pertinentes ao jogo em geral e aos jogos textuais em particular, considerando-se que esse é um estudo de aplicação, procurou-se evidenciar como essas quatro categorias de jogo se manifestam no texto literário do escritor argentino através dos jogos textuais

Topics: jogo, teoria dos jogos, jogos textuais, O jogo da amarelinha, Julio Cortázar, Language and Literature, P, Philology. Linguistics, P1-1091
Publisher: Universidade de Santa Cruz do Sul
Year: 2012
OAI identifier: oai:doaj.org/article:f2a46e8ec1d04ed2af4f1e3569280915
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1982-2014 (external link)
  • https://doaj.org/toc/0101-1812 (external link)
  • http://online.unisc.br/seer/in... (external link)
  • https://doaj.org/article/f2a46... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.