Article thumbnail
Location of Repository

Intermidialidade em Amores roubados de George Moura : uma adaptação baseada no romance A emparedada da Rua Nova de Carneiro Vilela

By Joaquim Teles de Faria

Abstract

Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2019.Este estudo de investigação literária realizou-se a partir da análise, da comparação e da interpretação de dois objetos, sendo estes: um romance e uma minissérie televisiva. A obra escrita e de cunho literário, sob análise, é o romance de 1886 (1909/1912) A emparedada da Rua Nova, do escritor Carneiro Vilela e a obra literária de caráter televisivo é a minissérie, produzida pela Rede Globo de Televisão, Amores roubados (2014) de George Moura. No decurso dessa análise procurou-se tentar compreender os processos de produção e de recepção das obras, em seus contextos específicos de surgimento, bem como as relações estabelecidas nesse processo de adaptação. Para cumprir tal desafio e fazer a crítica, o presente estudo ampara-se no conceito de intermidialidade, buscando entender assim, os processos de relações intermídia e sua multiplicidade de possibilidades, procurando analisar as perspectivas da transposição, transmutação e reescrituração que permeiam as relações intermidiáticas. Tomando igualmente como base o conceito de intertextualidade procurou-se estabelecer os pontos de aproximação e distanciamentos entre as obras. Neste esforço buscou-se compreender como os processos de adaptação da obra escrita para a televisão a impactou. Procurou-se perceber as relações existentes entre os dois objetos, tanto de conjunção como de disjunção. Este estudo tentou evidenciar quais mudanças foram possíveis de se verificar em relação ao texto impresso e qual o seu efeito sobre o conteúdo da obra televisiva.This study of literary investigation was realized starting of the analysis, comparation and interpretation of two objects, being them: a romance and a television minisseries. The written work and of literary spieces, by analysis, is the romance from 1886 (1909/1912) “A emparedada da Rua Nova” from the writer Carneiro Vilela and the literary work of television character is the minisseries, produced by Rede Globo de Televisão, “Amores Roubados” (2014) made by George Moura. In the process of this analysis it was sought to understand the processes of production and of reception of the works, in their specific contexts of emergence, as well as the relationships stablished in this process of adaptation. To accomplish this challenge and to make the review, the actual study protect itself in the concept of intermidiality, searching to understand in this way, the processes of intermidia relationships and its multiplicity of possibilities, searching to analise the perspectives of transposition, transmutation and rewriting that pass by the intermidiatics relationships. Taking equally as a base the concept of intertextuality, it was searched to stablish the points of aproximation and distancing between the works. In this effort it was searched to comprehend how the processes of adaptation of the written work for the television impacted. It was searched to recognize the existing relationships between the two objects, as much of conjuction as of disjunction. This study tried to evidence which changes were possible to verify in relation to the printed text and which was its effect about the content of the work of television

Topics: Vilela, Joaquim Maria Carneiro, 1846-1913 - crítica e interpretação, Minisséries televisivas, Literatura brasileira, Literatura brasileira - crítica, interpretação, etc, Adaptação literária
Year: 2019
OAI identifier: oai:repositorio.unb.br:10482/35106

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.