Article thumbnail

A Estação: ideologia burguesa e sua denúncia em Quincas Borba

By Juracy Assmann Saraiva

Abstract

This article focuses on the context in which the editorial market began in Brazil, in the 1870s, and analyzes the role of the periodical A Estação in disseminating cultural practices from Europe, particularly from France, and in getting people to read. The periodical from Germany consisted of two parts: a fashion supplement, which informed about the Parisian trends regarding clothes, decoration, etiquette and behavior, and a literary supplement produced in Brazil, in which Machado de Assis published short stories, poems, serialized stories and the novel Quincas Borba. Confronting the two versions of Quincas Borba, the first in fascicles and the second in book form, it can be seen that Machado realizes that each version has different readers, and the changes that he introduces are related to this aspect. However, in both versions, one notices the denunciation against cultural subservience and the attachment to appearance and it expresses a break with the values of the vehicle in which the first version is published.O artigo enfoca o contexto da instalação do mercado editorial no Brasil, a partir da década de 1870, e analisa o papel do periódico A Estação na difusão de práticas culturais oriundas da Europa, particularmente da França, e na formação de leitores. O periódico, proveniente da Alemanha, era composto por duas partes: um suplemento de moda, que informava as tendências parisienses sobre vestuário, decoração, etiqueta e comportamento, e um suplemento literário, produzido no Brasil, em que Machado de Assis publicou contos, poemas, novelas e o romance Quincas Borba. O confronto das duas versões de Quincas Borba, a primeira em fascículos e a segunda em livro, permite constatar que Machado reconhece serem distintos os leitores de cada uma das versões, estando as mudanças que ele introduz relacionadas a esse aspecto. Entretanto, em ambas as versões, transparece a denúncia contra a subserviência cultural e o apego à aparência, manifestando-se uma ruptura em relação aos valores do veículo em que a primeira versão se inscreve

Topics: Context. A Estação. Culture. Machado de Assis. Quincas Borba., Contexto. A Estação. Cultura. Machado de Assis. Quincas Borba.
Publisher: 'APESC - Associacao Pro-Ensino em Santa Cruz do Sul'
Year: 2016
DOI identifier: 10.17058/signo.v1i1.7332
OAI identifier: oai:ojs.online.unisc.br:article/7332

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.