Article thumbnail

Produtividade do milho safrinha em função de doses de nitrogênio em cobertura

By X

Abstract

Orientador : Laércio Augusto PivettaMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Palotina, Curso de Graduação em AgronomiaInclui referênciasResumo : O nitrogênio (N) tem sido o nutriente que mais promove aumento de produtividade no milho (Zea mays L.), desempenhando grande importância na produção de grãos. Objetivou-se neste trabalho avaliar o efeito de doses de N em cobertura no milho safrinha. O delineamento experimental foi realizado em blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos das doses de N em cobertura 0, 25, 50, 75 e 100 kg ha-1 de N, aplicados em V5. A fonte de nitrogênio utilizada para o experimento foi a ureia, com concentração de 46% de N. Foram avaliados diâmetro de colmo, número de fileiras, número de grãos por fileira, massa de 100 grãos, produtividade e viabilidade econômica. O número de grãos por fileira apresentou incremento linear com as doses de N, sendo necessários 27,7 kg ha-1 para aumentar 1 grão por fileira. O número de fileiras apresentou efeito quadrático, a maior resposta foi na dose de 84,8 kg ha-1 de N, resultando em 16,7 fileiras de grãos na espiga. Para diâmetro de colmo não houve resultado significativo. A massa de 100 grãos apresentou incremento linear, sendo necessários 52,6 kg ha-1 para aumentar uma grama na massa de 100 grãos. Considerando-se os incrementos de produção para cada quilo de N fornecido, há retorno econômico apenas até 34 kg ha-1 de N. Palavras-chave: Ureia, lucratividade, desempenho agronômico

Topics: Agronomia
Year: 2017
OAI identifier: oai:dspace.c3sl.ufpr.br:1884/62301

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.