Article thumbnail

PROPRIEDADES PSICOMÉTRICAS DOS TESTES DE CAPACIDADE FUNCIONAL EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: REVISÃO SISTEMÁTICA

By Janaina Cristina Scalco, Renata Martins, Patricia Morgana Rentz Keil, Anamaria Fleig Mayer and Camila Isabel Santos Schivinski

Abstract

RESUMO Objetivos: Identificar estudos que avaliam as propriedades psicométricas dos principais testes de capacidade funcional utilizados em crianças e adolescentes e verificar os testes que apresentam propriedades de mensuração satisfatórias. Fontes de dados: Pesquisa nas bases de dados MEDical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL) e Scientific Electronic Library Online (SciELO), sem limitar o período ou idiomas. Dois investigadores selecionaram de forma independente os artigos com base nos critérios de inclusão: estudos que avaliaram propriedades psicométricas dos testes de capacidade funcional em crianças e/ou adolescentes saudáveis ou com doenças cardiorrespiratórias. Foram excluídas pesquisas que incluíram indivíduos adultos e/ou participantes com doenças neurológicas e estudos que exclusivamente estabeleceram valores de referência ou equações de predição. Síntese dos dados: Do total de 677 artigos, foram selecionados 11 compatíveis com o tema; destes, 7 avaliaram propriedades psicométricas do teste de caminhada de 6 minutos (TC6), 1 avaliou tanto o TC6 quanto o teste do degrau de 3 minutos (TD3), e 3 avaliaram o teste incremental Shuttle Walk Test (ISWT). As evidências sobre as propriedades de reprodutibilidade e confiabilidade são boas para o TC6 e ISWT e moderadas para o TD3. O ISWT mostra medidas de validade altas para crianças saudáveis e para aquelas com doença respiratória crônica. As medidas de validade do TC6 variam entre as populações estudadas e devem ser consideradas de maneira particular para cada condição de doença. A validade do TD3 ainda deve ser esclarecida na população pediátrica. Conclusões: O TC6 apresenta maior número de investigações sobre suas propriedades, mas sua validade apresenta variabilidade para diferentes populações pediátricas. A capacidade dos testes TC6, ISWT e TD3 de mensurar mudanças clinicamente importantes em crianças e adolescentes com doenças cardiorrespiratórias é desconhecida

Topics: Child, Exercise tolerance, Validity of tests, Reproducibility of results, Pediatrics, RJ1-570
Publisher: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Year: 2018
DOI identifier: 10.1590/1984-0462/
OAI identifier: oai:doaj.org/article:328bae0d2ba747c7b5417f07c76a0898
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/article/328ba... (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/toc/1984-0462 (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.