Article thumbnail

Ceratite ulcerativa corneana traumática em cão: tratamento com oxigenoterapia hiperbárica

By Marcelo Fialho Mazzi and Mariza D'Agostino Dias

Abstract

A ceratite ulcerativa de córnea é uma das causas mais comuns de doenças oculares que ocasionam a perda da visão nos cães. Sua etiologia compreende diversos tipos de trauma, produção lacrimal inadequada, lesões químicas e defeitos palpebrais dentre outras. A córnea é uma estrutura avascular, translúcida, composta histologicamente pelo epitélio, estroma, membrana descemet e endotélio. A profundidade que a lesão atinge nessas camadas, determina a intensidade dos sintomas como desconforto e dor ocular, fotofobia, blefaroespasmo, descarga ocular, epífora e perda da transparência corneana, culminando em sinéquia anterior, endoftalmite, colapso de câmara anterior, glaucoma e atrofia do corpo ciliar. A viabilidade de reparo tecidual, a técnica a ser empregada e o tempo previsto para a recuperação do tecido corneal estão intimamente ligados ao número de camadas comprometidas podendo oscilar de dias a meses. A oxigenoterapia hiperbárica (OHB) é uma terapia já utilizada no Brasil e no mundo todo em animais de experimentação em laboratórios, para várias patologias mostrando bons resultados, na rotina de clínica veterinária para pequenos animais sua proposta de utilização desponta como ferramenta diferencial e promissora, aumentando exponencialmente as chances de recuperação dos pacientes. A terapia consiste em manter o paciente no interior de uma câmara hermeticamente fechada, com suprimento controlado de oxigênio a 100%, por períodos de tempo previamente estabelecidos e submetidos a níveis de pressão, acima da pressão atmosférica. A oxigenoterapia hiperbárica acelera o processo de cicatrização de lesões teciduais espontâneas ou traumáticas A escassez de relatos sobre utilização da oxigenoterapia hiperbárica no tratamento de úlceras de córnea justifica a descrição literária deste caso clínico, contribuindo assim para um maior esclarecimento de aspectos relacionados à fisiopatologia, diagnóstico e novas possibilidades de tratamento desta patologia na medicina veterinária e humana. O presente trabalho relata o caso de um canino macho da raça Pug de 3 anos com ceratite ulcerativa corneana traumática, tratado com oxigenoterapia hiperbárica, com rápida e completa cicatrização da lesão em 20 sessões

Topics: cicatrização, hiperbárico, oxigênio, úlcera, veterinária, Veterinary medicine, SF600-1100
Publisher: Editora MV Valero
Year: 2018
OAI identifier: oai:doaj.org/article:55f14178d0454697a88c6be1a558976a
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1982-1263 (external link)
  • http://www.pubvet.com.br/artig... (external link)
  • https://doaj.org/article/55f14... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.