Article thumbnail

Educação fisica e esporte no ensino superior : reflexões

By Ricardo Campos Queixas

Abstract

A partir da década de 1960, houve mudanças na política educacional do país. O período assinalou a ascensão do Esporte à razão do Estado e a inclusão da Educação Física e do Esporte na planificação do Governo. Nos dias de hoje, após o término da obrigatoriedade da prática da Educação Física no Ensino Superior na década de 90, podemos perceber qual é o papel não só do profissional da área quanto à prática de sua profissão no ensino superior, mas da própria Educação Física, que não está presente de forma direta na vida dos universitários, que através da prática e de treinos de certas modalidades esportivas fazem parte do cotidiano dos mesmos. Devemos ter conhecimento de algo que se manifesta juntamente com o Esporte na Educação Física, ou seja, a esportivização da Educação Física no ensino do Ensino Fundamental, Médio e, principalmente no Ensino Superior e de seus problemas. A Educação Física está constantemente presente no cotidiano, não só dos alunos, mas de professores (as), funcionários (as) e também da comunidade que vive em torno do "universo" da UNICAMP. Com a prática esportiva e a criação das Atléticas dos cursos da Universidade, foi criada a LAU (Liga das Atléticas da Unicamp), com fins de organização de campeonatos universitários internos, como também a criação de equipes de esportes para competições universitárias. Sabendo que o Esporte é um conteúdo da Educação Física, pode-se destacar sua importância dentro da cultura dos jovens, como forma educacional e processo de formação do Ser Humano. Como agências educacionais, podemos destacar a família, cujos objetivos são diferentes dos objetivos da escola e dos clubes. O Esporte, competitivo ou não, destaca-se como uma agência educacional não-formal, pois se desenvolve fora do ambiente escolar. Muitos dos estudos citados se referem ao papel educacional do esporte para crianças e jovens, podendo haver um paralelo da manifestação do mesmo em qualquer faixa etária, precisamente dizendo em universitários, através do Esporte Universitário competitivo. E segundo Freire (1996) "o Esporte é uma forma de transmissão cultural da humanidade, e um dos objetivos da educação é a transmissão cultural"From the decade of 1960, we faced changes in the Brazilian educational politic. The period signed the ascemption of the Sport to the State knowledge and the inclusion of the Physical Education and of the Sport in the planning of the Government. Nowadays, after the term of the obligation of the practical of the Physical Education in the Upper Education (in the decade of 1990), we are able to perceive which is the not alone paper of the professional of the area as regards the practical of his profession in the upper education, but of the own Physical Education, that is not present of straight form in the life of the university students but is inherent to their routine through the practice of certain sportive modalities. We should have knowledge of somewhat that itself manifest jointly with the Sport in the Physical Education, or be, the sportive aspect of the Physical Education in the Fundamental, Medium and, mainly, in the Upper Education and of its problems. The Physical Education is constantly present in the quotidian, not alone the one of the students, but also the ones of professors, staff and of the community that lives around the "universe" of the UNICAMP. With the sports practice and the creation of the various Athletics in the University, was created the LAU (League of the Athletics of the Unicamp), which is responsible for the organization of internal university championships organization ends, as well as the sports teams creation for inter-university competitions. Knowing that the Sport is a content of the Physical Education, one is able to recognize its importance inside the youths\u27 culture, as educational form in the process of Human Being formation. As educational agencies, we are able to point out the family, whose objectives are unlike the objectives of the school and the clubs. The Sport, competitive or not, detaches itself as a not-formal educational agency, because it develops itself outside of the school environment Many of the studies cited refer to the educational paper of the sport for children and youngs, being able to have a parallel of the manifestation of it in any age, specifically saying in university students, through of the competitive University Sport. According to Freire (1996) "the Sport is a form of cultural transmission of the humanity, and one of the objectives of the education is the cultural transmission

Topics: Educação física, Esportes universitários, Competição (Esporte), Aluno, Educação
Publisher: Biblioteca Digital da Unicamp
OAI identifier: oai:unicamp.br:000359152
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.bibliotecadigital.u... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.