Location of Repository

Actividades de enriquecimento curricular no 1º CEB : estudo de caso

By Ângelo Manuel de Carvalho Santos

Abstract

O Programa de Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) no 1.º Ciclo do Ensino Básico inicia-se no ano lectivo de 2005/2006 com a introdução da actividade de Inglês nos 3.º e 4.º anos de escolaridade. Nos anos seguintes este programa foi sofrendo alterações, aumentando e diversificando o número de actividades, alargando-se, consequentemente, o tempo de funcionamento das actividades no âmbito da chamada “Escola a Tempo Inteiro”. Todavia, o programa não tem conseguido angariar opiniões consensuais quanto à pertinência e adequação pedagógica, dado, por exemplo, os riscos de “hiperescolarização”, tal como não tem conseguido corresponder a algumas das expectativas criadas em termos da qualidade da realização das actividades e do enquadramento dos docentes a trabalhar neste âmbito. É, assim, objectivo deste trabalho recolher e analisar um conjunto de informações, quer quanto à própria concepção do modelo quer quanto à gestão e desenvolvimento das AEC, na opinião dos encarregados de educação, dos docentes titulares de turma e dos docentes das AEC, no decorrer desta quarta edição do programa (2008/2009). Para o efeito, foi aplicado um inquérito por questionário a estes três universos onde se patenteiam os aspectos que a pesquisa sobre a temática atesta como de maior dificuldade e controvérsia na implementação do programa. Os resultados evidenciam o interesse das actividades propostas nas AEC na formação dos alunos e a inadequação dos espaços disponibilizados para o desenvolvimento das actividades, reconhecendo, no entanto, a importância e pertinência destas actividades e a consequente justificação da continuidade da sua implementação, assim como a necessidade de reforçar o investimento para o bom funcionamento dos “enriquecimentos curriculares”. ABSTRACT: The Basic Education Curriculum Development Program (AEC) started in 2005/2006, with the initiation of the English language for third and fourth grades. During the subsequent years, the program have had several changes, increasing and developing the number of activities, expanding, therefore, the time of activities under the “Full time School” project. However, the program has been unable to collect consensual views about the pedagogical relevance and adequacy due to, for example, the danger of “hiperschooling”, on the other hand, it has not corresponded to some expectations created in terms of the quality of activities implementation and the framework of teachers who work in this area. The aim of this work is, thus, to collect and analyze a set of information not only about the model’s own conception but also regarding the AEC’s management and development in tutors, principal teachers, and AEC teachers opinion. For the purpose, it was applied a questionnaire to these three universes where we can see the aspects that the research on this theme attests as more difficult and controversial in the program’s implementation. The results highlight the interest of the AEC activities in students’ training as well as the inadequacy of the available spaces to their development. However, it recognizes the importance and relevance of these activities and the consequent justification of the continuity of its implementation, as well as the need to reinforce the investment in order to improve AEC’s functioning.Mestrado em Ciências da Educação - Administração e Políticas Educativa

Topics: Administração do ensino, Actividades escolares, Desenvolvimento dos currículos, Avaliação da educação, Ensino básico 1º ciclo
Publisher: Universidade de Aveiro
Year: 2009
OAI identifier: oai:ria.ua.pt:10773/1041

Suggested articles

Preview


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.