Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Estrutura trófica da comunidade de peixes de riachos da porção oeste da bacia do Alto Paraná.

By R. COSTA-PEREIRA, F. R. da. ROSA and E. K. de RESENDE

Abstract

O conhecimento ecológico de peixes de riachos brasileiros ainda possui lacunas. Apesar dos muitos estudos ictiológicos na Bacia do Alto Rio Paraná, poucos foram conduzidos em córregos da região Centro-Oeste, uma das mais ameaçadas pela expansão agropecuária. Este estudo é resultado da compilação dos dados de amostras obtidas em riachos da porção Oeste da Bacia do Alto Rio Paraná. Nosso objetivo é analisar a dieta da ictiofauna e alocar as mais abundantes em guildas tróficas. Selecionamos 343 indivíduos de 44 espécies de peixes de 35 riachos nas sub-bacias dos rios Ivinhema, Pardo e Sucuriú, além de riachos que deságuam diretamente no rio Paraná. As 22 espécies mais abundantes foram classificadas em seis grupos tróficos: insetívoros bentônicos, onívoros generalistas, insetívoros, carnívoro com tendência à piscivoria, onívoros com tendência à herbivoria e iliófago-detritívoros. A classificação trófica de cada espécie na literatura foi revisada e discutida. Diferenças na composição da dieta e inclusão em guildas entre estudos foram frequentes, o que provavelmente se relaciona ao generalismo e a plasticidade trófica típicos de peixes de riachos. Nesse contexto, sugerimos que estudos de dieta em riachos tenham escalas espaciais, temporais e ontogenéticas amplas, e que a classificação de espécies em guildas a priori não é aconselhável.201

Topics: Dieta, Generalismo, Guildas tróficas, Ictiofauna
Publisher: Corumbá: Embrapa Pantanal, 2012.
Year: 2013
OAI identifier: oai:www.infoteca.cnptia.embrapa.br:doc/954355
Provided by: Infoteca-e
Journal:

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.