Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

"Ictioproveta" para a biometria indireta do peso de surubins (pintado e cachara) utilizando seu volume e densidade.

By M. A. ROTTA and M. F. GONDA

Abstract

Atualmente o Brasil é considerado como o país de maior potencial para a aqüicultura no mundo. Contribuem, para isso, o clima quente o ano todo na maior parte do país, os abundantes recursos hídricos, as grandes safras de graãos e a grande diversidade de espécies com potencial para criação, dentre as quais se destacam o pintado (Pseudophatystoma corruscans) e o cachara (Pseudoplatystoma fasciatum), pertencentes à ordem Siluriformes e amplamente conhecidos como surubins. Com ocorrência no Pantanal e em outras bacias hidrográficas do território brasileiro, os surubins são os peixes de água doce de maior valor comercial, devido a carne saborosa sem espinhos intramusculares. Também são muito apreciados pela pesca esportiva e reúnem atributos favoráveis para a criação de forma industrial: crescimento rápido, eficiente conversão alimentar, alto valor econômico, grande aceitação no mercado nacional, filé sem espinhos e com padrão para exportação. Entretanto, mesmo possuindo grande importância econômica, os sistemas de produção destes peixes ainda são pouco estudados. Para o sucesso no cultivo destas espécies é preciso buscar maiores informações sobre o crescimento e desenvolvimento em cativeiro a fim de se conhecer o seu potencial produtivo em termos econômicos e ambietais. Para tanto, torna-se necessária a utilização de equipamentos adequados nas medições a campo devido à nova tendência das pesquisas serem de caráter mais aplicado e realizadas em parceria com a iniciativa privada, principalmente nas áreas de produção e manejo, não admitindo, portanto, perdas significativas dos peixes devido ao manuseio realizado no acompanhamento e mensuração durante os experimentos, conciliando, assim, dois aspectos importantes, que são a precisão e a praticidade. Certamente, para que estes aspectos possam ser agrupados, será necessário um menor rigos nas biometrias para a obtenção das medidas de campo (p. ex.: peso e comprimento), pois as mensurações mais precisas necessitam de equipamentos eleétricos e/ou eletrônicos, que geralmente não são a prova d´água, e um manuseio mais intenso, podendo prejudicar a produção devido às injúrias provocadas nos peixes. Além desses aspectos, é necessaria a redução dos riscos de acidentes relacionados ao uso de equipamentos elétricos dentro da água ou em locais úmidos, devido à possibilidade de choque elétrico pelo operador. Este aparelho também pode ser amplamente utilizado nas biometrias das diferentes fases de produção, tanto nas pisciculturas de reprodução como das de engorda, facilitando a obtenção do peso para o cálculo da biomassa, da quantidade de alimento a ser fornecido e da capacidade de suporte do ambiente de cultivo. Assim, este Comunicado Técnico tem por objetivo divulgar aos pisciculturores, pesquisadores e estudiosos da área da piscicultura um novo e prático equipamento que visa auxiliar na medição indireta do peso de surubins, promovendo um melhor desempenho e padroinização do procedimento de biometria quando realizado a campo.200

Topics: Surubim, Cachara, Pintado, Peixe
Publisher: Corumbá: Embrapa Pantanal, 2004.
Year: 2006
OAI identifier: oai:www.infoteca.cnptia.embrapa.br:doc/812035
Provided by: Infoteca-e

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.