Nunca Mais : a morte nos contos de Luiz Vilela

Abstract

Orientadora : Profª Drª Raquel Illescas BuenoDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa: Curitiba, 20052008Inclui referênciasResumo: Este trabalho propõe o estudo da morte na ficção de Luiz Vilela, com base na análise de seis livros de contos desse autor: Tremor de terra, No bar, Tarde da noite, O fim de tudo, Lindas pernas e A cabeça. No capítulo inicial, faz-se a apresentação do autor e do contexto histórico-social em que sua produção se insere, além de um levantamento da fortuna crítica. No capítulo seguinte, é apresentado um breve histórico da morte, a partir dos estudos sociológicos, para delimitar o modo como ela é vista e sentida pela sociedade contemporânea. No capítulo final, se estabelece um levantamento das diversas formas que a morte pode assumir e passa-se à análise propriamente dita, que evidencia o viés materialista a partir do qual Luiz Vilela aborda essa temática. Palavras-chaves: Conto. Ficção brasileira contemporânea. Morte. Luiz Vilela.Abstract: This work proposes the study of death of the writer Luiz Vilela fiction, based on the analysis of six tales books of the author: Earth Tremor, The bar, Late at night, The end of everything, Beautiful legs and The head. In the opening chapter, it is the presentation of the author and the historical and social context in which production takes place, and a survey of literary criticism. In the next chapter, a brief history of death is presented, from sociological studies, to define how it is seen and felt by contemporary society. In the final chapter, establishes a survey of the various ways that death can take and pass to the analysis itself, the stories, which shows the materialistic bias from which Luiz Vilela addresses this issue. Keywords: Tale. Brazilian contemporary fiction. Death. Luiz Vilela

Similar works

Full text

thumbnail-image

Universidade Federal do Paraná

Provided a free PDF
oai:dspace.c3sl.ufpr.br:1884/36998Last time updated on 2/9/2018View original full text link

This paper was published in Universidade Federal do Paraná.

Having an issue?

Is data on this page outdated, violates copyrights or anything else? Report the problem now and we will take corresponding actions after reviewing your request.