Dose gonadal e de exposição em crianças internadas em unidade de terapia intensiva pediatrica submetidas a exames radiograficos de torax

Abstract

Orientador: Dirceu RodriguesDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em PediatriaResumo: Foram estudadas 30 crianças, internadas na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica e submetidas a Raios X de tórax, com o objetivo de medir a dose de radiação de exposição e da dose de radiação gonadal recebida por estes pacientes. Foi medida a dose de exposição a radiação ionizante e a dose que atingiu as gônadas proveniente de 79 exames radiográficos. Foram analisados os parâmetros de exposição, absorção, dose gonadal com colimação e dose gonadal com colimação e protetor gonadal de chumbo, quilovoltagem,. miliamperagem, espessura torácica, distância foco filme, idade, tempo de internação e número de radiografias. As condições dos exames foram simuladas com simulador fantom de água. Verificou-se que: a radiação decorrente de exposição a exames radiográficos de tórax, na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital de Clinicas da Universidade Federal do Paraná, quando comparada aos atuais limites para o público em geral, estabelecidos pela Comissão Internacional de Proteção Radiológica, não ultrapassa os mesmos; a radiação provenientes destes exames que atingiu as gõnadas dos pacientes estudados também está de acordo, a titulo de comparação, com os limites recomendados, ao público em geral, pela Comissão Internacional de Proteção Radiológica. 0 protetor gonadal com chumbo demonstrou ser um eficiente meio de redução da dose de radiação que atinge as gônadas. A radiação espalhada que atinge as gônadas provenientes dos exames acima citados é cerca de 0,2 por cento da dose de radiação de exposição, em condições similares as do estudo aqui apresentado.Sem abstrac

Similar works

Full text

thumbnail-image

Universidade Federal do Paraná

Provided a free PDF
oai:dspace.c3sl.ufpr.br:1884/48615Last time updated on 2/9/2018View original full text link

This paper was published in Universidade Federal do Paraná.

Having an issue?

Is data on this page outdated, violates copyrights or anything else? Report the problem now and we will take corresponding actions after reviewing your request.