Article thumbnail

Influência do aumento do acesso à atenção básica no comportamento da taxa de detecção de hanseníase de 1980 a 2006

By Maria Lucia Fernandes Penna, Maria Leide W. Oliveira, Eduardo Hage Carmo, Gerson Oliveira Penna and José Gomes Temporão

Abstract

A taxa de detecção da hanseníase no Brasil aumentou nas duas últimas décadas do século XX, sendo que a reforma sanitária ocorreu no mesmo período. A taxa de detecção é função da incidência real de casos e da agilidade diagnóstica do sistema de saúde. Utilizou-se a cobertura vacinal por BCG como uma variável procuradora do acesso à atenção primária em saúde. Uma regressão log-normal foi ajustada à taxa de detecção de 1980 a 2006, com o tempo, tempo ao quadrado e da cobertura do BCG como variáveis independentes, sendo positivo o coeficiente de regressão desta última variável, sugerindo que o comportamento da taxa de detecção da hanseníase refletiu a melhora de acesso à atenção primária no período estudado. A tendência de aumento da taxa de detecção se reverte em 2003, indicando o início de uma nova fase no controle da hanseníase

Topics: Hanseníase, Sistemas de saúde, Epidemiologia, Vigilância epidemiológica
Publisher: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Year: 2008
DOI identifier: 10.1590/s0037-86822008000700003
OAI identifier: oai:periodicos.ibict.br.RevistadaSociedadeBrasileiradeMedicinaTropical:oai:scielo:S0037-86822008000700003
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.