Article thumbnail

Avaliação clínica do quinino para o tratamento de malária por Plasmodium falciparum

By Marcos Boulos, Araripe Pacheco Dutra, Silvia Maria DiSanti, Mário Shiroma and Vicente Amato Neto

Abstract

O quinino foi o primeiro medicamento correntemente usado para tratar malária, tendo sido abandonado seu emprego principalmente após o início do emprego da cloroquina. A partir da década de 60 com o surgimento de resistência do P. falciparum à cloroquina voltou-se a utilizar o quinino isolado ou em associação para tratar tal infecção. Com o objetivo de avaliar clinicamente a resposta ao quinino de pacientes com malária por P. falciparum, analisamos os prontuários de 484 pacientes atendidos no Laboratório de Malária da SUCEN e acompanhados por pelo menos 28 dias, e que haviam recebido diferentes esquemas terapêuticos com quinino isolado ou em associação. Do total, 81,0% dos pacientes foram curados pelos esquemas empregados, sendo que dos restantes apenas 0,6% foram R2 e nenhum R3. Tais resultados mostram ainda que esquemas contendo quinino podem ser adequados para tratar malária por P. falciparum

Topics: Malária, Tratamento, Plasmodium falciparum, Quinino, Resistência
Publisher: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Year: 1997
OAI identifier: oai:periodicos.ibict.br.RevistadaSociedadeBrasileiradeMedicinaTropical:oai:scielo:S0037-86821997000300007
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.