Article thumbnail
Location of Repository

Transtornos mentais comuns e apoio social: estudo em comunidade rural da Zona da Mata de Pernambuco, Brasil

By Albanita Gomes da Costa and Ana Bernarda Ludermir

Abstract

O objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência dos transtornos mentais comuns e sua associação com o apoio social em uma comunidade da Zona da Mata de Pernambuco, Brasil. Foi conduzido um inquérito domiciliar e o Self Reporting Questionnaire (SRQ-20), o Medical Outcome Study Question e questões sobre as condições sócio-econômicas foram aplicados à população residente maior de 19 anos. A prevalência total dos transtornos mentais comuns foi de 36,0%; a análise multivariada utilizando a regressão logística demonstrou que as pessoas que têm baixo apoio social apresentam duas vezes mais chances de ter transtornos mentais comuns (OR: 2,09; IC95%: 1,35-3,24) que os que têm alto apoio mesmo depois do ajuste por idade, escolaridade e participação no mercado de trabalho. Os resultados indicam a importância de se investir em redes de apoio social para promover a interação dos indivíduos e aumentar a confiança pessoal e o poder de enfrentamento dos problemas

Topics: Transtornos Mentais, Transtornos Somatoformes, Apoio Social
Publisher: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Year: 2005
OAI identifier: oai:periodicos.ibict.br.CadernosdeSaudePublica:oai:scielo:S0102-311X2005000100009
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.