Article thumbnail
Location of Repository

O estranho caso do nacionalismo Português - o salazarimo entre a literatura e a política

By Luis Trindade

Abstract

(In Portuguese) Em 1940, depois de visitarem a Exposição do Mundo Português, dois minhotos trocavam impressões, quando um disse ao outro: «Agora já tu sabes o que é ser português!...» É provável que isto não se tenha passado assim, que nunca ninguém se tenha deixado despojar tão completamente da sua identidade, mas Augusto de Castro, o escritor e jornalista que contou a historia, achou-a verosímil. Naquele momento, o nacionalismo era o consenso mais evidente na sociedade portuguesa. Atribui-se normalmente este fenómeno à propaganda salazarista. Neste livro, pelo contrário, procura-se reconstituir o longo e complexo processo ideológico que conduziu àquele episódio: como a literatura e a cultura de massa construíram, desde finais do século XIX, a base simbólica do que viria a ser o salazarismo. O resultado foi uma representação do país donde desapareceu a realidade social mas onde muitos portugueses se reviram. Foi esse O Estranho Caso do Nacionalismo Português

Topics: CAL
Publisher: Imprensa das Ciências Sociais
Year: 2008
OAI identifier: oai:eprints.bbk.ac.uk.oai2:1333
Sorry, our data provider has not provided any external links therefore we are unable to provide a link to the full text.

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.