Location of Repository

Características fisiológicas de porta-enxertos de videira em solução salina

By Viana Alexandre Pio, Bruckner Claudio Horst, Prieto Martinez Herminia Emilia, Martinez y Huaman Carlos Alberto and Mosquim Paulo Roberto

Abstract

A tolerância de cinco porta-enxertos de videira ('IAC 766 Campinas', 'IAC 313 Tropical', 'IAC 572 Jales', '420-A' e 'Ripária do Traviú') à salinidade foi avaliada em um ensaio, em casa de vegetação, em solução nutritiva, com cinco níveis de NaCl (0, 5, 10, 15 e 20 mmol L-1). Foram determinados a taxa fotossintética, a condutância estomática, a taxa transpiratória, a altura de plantas e o peso da matéria seca. A altura de planta e o peso da matéria seca foram afetados pelo incremento da salinidade. As cultivares mais tolerantes ('IAC 572', 'IAC 766' e 'Ripária do Traviú') apresentaram, mesmo nas maiores doses de NaCl, fotossíntese líquida de 0,75 mimol m-2 s-1, acompanhada pela manutenção da abertura estomática e da taxa transpiratória

Topics: videira, porta-enxerto, salinidade, tolerância, crescimento, Agriculture (General), S1-972, Agriculture, S, DOAJ:Agriculture (General), DOAJ:Agriculture and Food Sciences
Publisher: Universidade de São Paulo
Year: 2001
OAI identifier: oai:doaj.org/article:35e4738888c748bc96bd5034258ff384
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1678-992X (external link)
  • https://doaj.org/toc/0103-9016 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/35e47... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.