Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Vulnerabilidade e problemas de saúde em viagem: a visão do turista na cidade do Rio de Janeiro Vulnerability and health problems while traveling: the viewpoint of the tourist in the city of Rio de Janeiro

By 

Abstract

Este artigo analisa como um grupo de turistas compreende a questão da saúde em viagem segundo aspectos de segurança, prevenção e busca de atendimento de saúde. Foram entrevistados turistas brasileiros visitando a cidade do Rio de Janeiro e cariocas saindo de viagem. Os depoimentos foram analisados segundo as dimensões de vulnerabilidade; informação; prevenção e assistência em saúde, das quais a vulnerabilidade emergiu como categoria de análise. O relato das trajetórias dos turistas permitiu identificar nós e percursos que poderiam ser utilizados pelo setor saúde para ações de prevenção e promoção. O meio de transporte condiciona o trajeto dos turistas e suas alternativas de atenção. A viagem em grupo e para locais conhecidos foram destacadas como fatores de proteção, o que reforça o papel da informação e de redes de apoio social como recursos utilizados pelos turistas na ausência de políticas específicas voltadas para estes grupos populacionais de grande mobilidade e vulnerabilidade.<br>This article examines how a group of tourists perceives health issues related to safety, prevention and health care during their travels. Interviews were conducted with Brazilian tourists visiting the city of Rio de Janeiro, as well as local residents leaving the city on trips. The interviews were analyzed in accordance with the dimensions of vulnerability, information, prevention and health care, from which vulnerability emerged as a category of analysis. The reports of the trajectory of the tourists made it possible to identify problems and opportunities that could be used by the health sector for actions of prevention and promotion. The means of transport determines the trajectory of tourists and their security alternatives. Traveling in groups and visiting tourist attractions are seen as protective factors, which reinforces the role of information and social support networks as resources used by tourists in the absence of specific policies geared to this highly mobile and vulnerable population group

Topics: Saúde do viajante, Vulnerabilidade em saúde, Vigilância em saúde, Política de saúde, Traveler's health, Health vulnerability, Health surveillance, Health policy, Public aspects of medicine, RA1-1270, Medicine, R, DOAJ:Public Health, DOAJ:Health Sciences
Publisher: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Year: 2013
OAI identifier: oai:doaj.org/article:83a510dcd67247f5bff4cb6359ada45a
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1678-4561 (external link)
  • https://doaj.org/toc/1413-8123 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/83a51... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.