Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Sensibilidade materna durante o banho

By Silva Simone Souza da Costa, Le Pendu Yvonnick, Pontes Fernando Augusto Ramos and Dubois Michel

Abstract

A teoria do apego tem considerado a relação mãe-criança como um determinante do desenvolvimento, sendo que sua qualidade tem sido relacionada com a sensibilidade do cuidador, e conseqüentemente com a qualidade das relações com seus próprios cuidadores. Recentemente, tem se relacionado a sensibilidade materna com vários fatores, incluindo classe social e educação. Este trabalho teve como objetivo investigar as variáveis que influenciam a sensibilidade materna na situação de banho. Foram filmados 60 banhos dados por mães de classe baixa e classe média. As díades foram constituídas por mães que tinham entre 18 a 40 anos de idade, e por crianças de zero a um ano. Encontraram-se menores freqüências de comportamentos sensíveis entre mães de classe baixa do que entre mães de classe média, que possuíam mais escolaridade, mais idade e tinham com quem dividir os cuidados infantis. Estes resultados sugerem que a sensibilidade materna é um fenômeno relacionado com variáveis socioculturais

Topics: relação mãe-criança, sensibilidade materna, apego, Psychology, BF1-990, Philosophy. Psychology. Religion, B, DOAJ:Psychology, DOAJ:Social Sciences
Publisher: Universidade de Brasília
Year: 2002
OAI identifier: oai:doaj.org/article:019ee8d15dad41b09648410409c1ff17
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1806-3446 (external link)
  • https://doaj.org/toc/0102-3772 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/019ee... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.