Location of Repository

Psicanálise e educação: banquete, fast food e merenda escolar

By Bacha Marcia Simões Corrêa Neder

Abstract

O propósito deste trabalho é refletir sobre a educação na perspectiva da formação psicológica do professor na Universidade. Um breve histórico ressalta a complexidade com que foi tratada pela Antigüidade, de onde emerge tecida por uma trama simbólica sobre as mesas dos banquetes. A partir desta relação entre educação e alimento, e da intimidade simbólica de oralidade e procriação demonstrada pela psicanálise, articula-se educação e sedução, mantendo-se, no horizonte, a idéia do engendramento de um filho imaginário. Situam-se, então, os conceitos modernos de infância no interior da educação assim compreendida, discutindo-se a possibilidade de derivar limites próprios e inerentes a uma tal combinação, especialmente dificuldades de aprendizagem, e o modo restrito como a educação costuma ser praticada nas escolas

Topics: Educação, Psicanálise, Sexualidade, Professores, Escolas, Filosofia, Psychology, BF1-990, Philosophy. Psychology. Religion, B, DOAJ:Psychology, DOAJ:Social Sciences
Publisher: Universidade de São Paulo
Year: 1999
OAI identifier: oai:doaj.org/article:4156d9b3f2e746cba212542eae152634
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1678-5177 (external link)
  • https://doaj.org/toc/0103-6564 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/4156d... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.