Article thumbnail

A abordagem equitativa de gênero como uma estratégia de gestão para fixação de médicos em áreas vulneráveis

By Maria Regina Martinez

Abstract

Embora diversos programas governamentais tenham contribuído para aumentar expressivamente o número de médicos no Brasil, áreas distantes, vulneráveis e de difícil acesso continuam carentes de um quantitativo mínimo de profissionais, prejudicando o acesso à assistência e os indicadores de saúde da população. Estratégias governamentais, como incentivos financeiros especiais, têm conseguido atrair profissionais médicos para essas áreas remotas e com necessidades especiais; no entanto, a fixação desses profissionais não tem sido efetiva. Considerando a tendência de feminização da Medicina e a crescente influência familiar e econômica das mulheres nos processos decisórios da sociedade atual, neste ensaio teórico, propõe-se a utilização de abordagens contemporâneas direcionadas à equidade de gênero nos serviços de saúde para favorecer a fixação de profissionais médicos em regiões mais necessitadas

Topics: Physicians, Health services, Working women, Health management, Poor areas, Public aspects of medicine, RA1-1270
Publisher: Faculdade de Medicina de Botucatu (Unesp)
Year: 2017
DOI identifier: 10.1590/1807-57622016.0381
OAI identifier: oai:doaj.org/article:2c0626f0962a442782058fad545de150
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1807-5762 (external link)
  • http://www.scielosp.org/scielo... (external link)
  • https://doaj.org/article/2c062... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.